domingo, março 29, 2009

qual o final da fábula ?


Você já sentiu aquela sensação de : “Ninguém me conhece e nunca vai me conhecer.” ?
Pois é assim que me sinto, é assim que me sinto todos os dias quanto levanto ou quando deito na cama. Parece mesmo que nunca encontrarei alguém que vai me conhecer ou irá se reconhecer em mim.
Você passa por pessoas, elas passam pela sua vida e em algum momento você pensa ter encontrado alguém, alguém em que alguma coisa é ligada, mantém um elo com você. Mas isso passa, e você sente só e perdido no mundo novamente.
Quando chega um momento que não aguenta mais ter que tentar ser igual para conseguir manter o mínimo de contato com todos a volta, quando dói e sente que está se partindo ou tendo alguma parte de você arrancada quando alguém pede para ‘tentar’, só tentar ... ser igual.
E o que dizer se você já não vê motivo para continuar, quando nada faz sentido em ter continuação, quando você sabe que já acabou faz tempo e que vive se perguntando o porque de ainda ‘tentar’.
Tudo dói, tudo incomoda tudo não faz mais sentido pra mim, nunca fui parecida com ninguém já tentei e passei anos tentando me tornar um pouquinho parecida mas não dá.
Me sinto tão VIOLADA com esses pensamentos alheios. Não faço idéia de onde estou ou quem sou, não tenho nem o primeiro passo : saber ‘do que não gosto ou do que gosto.’
Não tenho imagem minha mas sinto que não sou o que pareço ser ou penso ser.
E a cada dia que passa vou aceitando o fato de nunca chegar ao final feliz dessa fábula.



loucura perdida

Um comentário:

Lajlah Najua disse...
Este comentário foi removido pelo autor.